23/01/2014

Se eu fosse a dona do mundo


Se eu fosse a dona do mundo faria com que os animais conversassem. Se eu fosse a dona do mundo, faria com que as estrelas tivessem expressões, a Lua fosse a mãe dos pássaros e que as nuvens fossem algodão doce. Faria com que tudo estivesse no seu devido lugar: estrelas alinhadas e nuvens formando unicórnios. Substituiria a chuva por gotas de sonhos, o sal por tempero para a alma, o açúcar por calmante para o coração e a água por... bem, deixa a água ser apenas a água.

Se eu realmente fosse a dona do mundo, acabaria com todas as desigualdades sociais e faria com que os caminhões transportassem, ao invés de cargas, sonhos. No meu mundo, seria possível tocar as estrelas, voar com os pássaros e aprender com as nuvens.

Mas se eu realmente fosse a dona do mundo, o mundo seria um saco. Uma loucura. Uma gritaria. E o pior de tudo: se tudo o que eu falei acima realmente existisse, o mais importante não estaria presente. Porque no final das contas, se eu pudesse tocar as estrelas e voar com os pássaros, tudo seria possível. E onde tudo é possível, meu bem, falta o principal. Imaginação, inspiração e o pior: força de vontade, porque sem ela, é impossível correr atrás dos impossíveis. 

9 comentários:

  1. Nada é impossível, só se torna impossível se você acreditar que é.
    Natalia te indiquei na TAG: Conhecendo a Blogueira, da uma olhada la
    http://bananaemel.blogspot.com.br/2014/01/conhecendo-blogueira.html

    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Amei o seu texto :D Sério! Tipo, se eu fosse dona do mundo, é claro que eu gostaria de acabar com todas as coisas que não valem a pena pra mim como as desigualdades e a miséria, mas realmente, se isso fosse possível, tudo seria possível e assim, não tem um objetivo de viver.
    Muito obrigada pelo elogio lá no blog, o seu também é lindo!

    Beijos!
    www.meianoiteequinze.com.br

    ResponderExcluir
  3. Seu texto é maravilhoso!!! Se eu fosse a dona do mundo acabava com a miséria e com a guerra!!
    Já sigo aqui, convido-a a seguir o meu blog também!!!
    Não se esqueça de visitar os novos posts do blog e de deixar um comment!!
    Beijos :)
    http://fashion--and--you.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Muito bom!
    Disse tudo!
    Em um mundo onde tudo é possível, não existe o que sonhar.
    Mas seria muito bom se todas as coisas ruins fossem extinguidas.

    Helô Lopes
    Responsável geral do Grupo Librorum.

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito do seu texto, Natalia! VC tem poesia nas palavras, mesmo em prosa. Lindo!
    Beijos! Seguindo!
    www.viagensesquizofrenicasalua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. ...

    ...

    (Desculpe pelo transtorno, estou pensando em algum adjetivo bom o suficiente para elogiar seu texto.)

    Agora, sério, Natália, gostei demais de cada palavra que escreveu! A principio, apesar de discordar com você no que diz respeito a mudar certos aspectos do mundo, já estava gostando da forma como você abordou a coisa toda. Mas com aquele final... OMG! Fechou tudo com chave de ouro! Amei, simplesmente amei. "Imaginação, inspiração e o pior: força de vontade, porque sem ela, é impossível correr atrás dos impossíveis."

    Beijos ♥ Jeito Único

    ResponderExcluir
  7. Eita, que texto mais verdadeiro e lindo!
    No começo fui concordando com tudo, mas no fim vi que não fazia mesmo sentido.
    Os problemas são feitos para ficarmos fortes e vencermos. Amei! Beijo, Sam.

    samarices.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Nossa você tem razão, a gente passa tanto tempo pensando nessas coisas, mas ninguem melhor que Deus para fazer as coisas como devem ser <3
    xoxo

    Imagine Belle

    ResponderExcluir

« »
© Leve como a brisa - 2017. Todos os direitos reservados. Design e conteúdo por Natália Pacheco. Tecnologia do Blogger. imagem-logo imagem-logo imagem-logo