11/07/2014

O estranho sexto sentido


Quando nossa mãe diz que vai chover, chove. Quando ela diz que algo não está legal, é por que algo realmente não está legal. Quando ela briga, esperneia e fala milhões de vezes que algo esta de fato errado e nós, por simplesmente não querermos escutar, estarmos de saco cheio ou literalmente não querermos admitir, acredite: nossa mãe está certa. Esse é o tal do sexto sentido.

Acontece que praticamente toda pessoa nasce com o esse dom; quando vamos fazer uma prova e estamos em dúvida entre duas questões e marcamos letra bê, por exemplo, mas depois percebemos que na questão anterior – na qual temos a plena certeza de estar certa – também marcamos a letra bê. Aí a gente fica na dúvida, e resolve mudar a questão para a letra cê, porém, algo dentro de nós insiste que é a letra bê que está certa. Mas mesmo assim a gente marca a letra cê, por que, oras, nós somos adolescentes! Que raios vamos saber que nosso cérebro realmente está mandando fazer o certo?



Dias ou talvez semanas depois recebemos o resultado da prova: a maldita questão está errada, pelo simples fato de (a) termos certa tendência a desenvolver TOC por não querermos repetir a mesma letra em duas questões seguidas, (b) não termos prestado atenção, por que, oras, nós somos adolescentes, (c) colocar toda a culpa do mundo na adolescência, como se só por que nossos hormônios estão mais elevados eles fossem capaz de comandar nosso cérebro de uma maneira totalmente diferente, (d) não termos estudado o suficiente ou (e) termos simplesmente ignorado o sexto sentido, por acharmos que isso é só coisa de mãe ou sei lá o que.

8 comentários:

  1. Adorei o texto e concordo plenamente, sexto sentido de mãe é fogo e o pior que depois elas jogam na nossa cara e nem podemos reclamar de nada. Kkk
    Um grande beijo!
    www.r-nuvens.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Mas isso é coisa de mãe... Querendo ou não aprendemos muito com essas "jogadas na cara", embora na hora a gente ferva de raiva. Beijos!

      Excluir
  2. Natália, acho incrível o dom que você tem de escrever texto. E como eles dizem tudo que penso... Continue assim! www.karlagisella.com.br

    ResponderExcluir
  3. Amei o texto e confesso que tenho uma dificuldade enorme de seguir o sexto sentido kkkkk
    beijos

    http://semtempestade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Sexto sentido é realmente uma coisa sem explicação hehe
    Mas eu fazia bem isso na época que eu fazia vestibular - se algo me dizia lá no fundo que era, aaaaah, nem mesmo toda a prova com a mesma alternativa ia me fazer mudar de letra - e dava certo :3

    Beijos,
    Degradê Invisível

    ResponderExcluir
  5. Me descreveu uehuehueh, amei o texto! De verdade, muito bom!!!!
    Beijos e fique com Deus!
    Batom de Framboesa

    ResponderExcluir
  6. É bem isso, a gente sempre sabe qual é a certa, mas insistimos em tentar na errada hahaha ah como a vida seria melhor se ouvissimos nosso sexto sentido

    http://www.novaperspectiva.com/

    ResponderExcluir
  7. Isso sempre acontece comigo, não confio de primeira e acabo marcando a outra opção.
    Beijos
    Dezesseis de Volta

    ResponderExcluir

« »
© Leve como a brisa - 2017. Todos os direitos reservados. Design e conteúdo por Natália Pacheco. Tecnologia do Blogger. imagem-logo imagem-logo imagem-logo