29/03/2015

A força da mudança

Os gostos mudam. Mudam as pessoas. Mudam suas relações. Te mudam, mesmo sem você ter pedido por mudança. Eles se intrometem na sua vida e tomam peito daquilo que deveria ter sido decisão sua, e que, na real, foi. Dizem que a mudança vem sempre para agregar algo de positivo na sua vida, só que a gente nem sempre vê desse jeito.

A saudade dos gostos antigos volta toda hora. Toma peito das melhores sensações. Destrói aquilo que era para ser algo bom. Te destrói, por dentro e por fora. Por escolha sua



Nem sempre foi assim, é claro. Havia um tempo em que você era autoritária o bastante para mandar nos seus sentimentos, até deixar que eles tomassem peito e te mandassem. Mas o que nós não enxergamos é que a situação pode ser revertida novamente. Você pode mandar. Decidir. Jogar a força na sua autoridade e escolher. Só que a gente nem sempre percebe isso e, quando olha ao redor, ninguém é capaz de te lembrar.

3 comentários:

  1. Palmas pra você rs. Adoorei o texto !
    Beijos da Cáh .
    http://feitaparaprovocar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Me identifiquei bastante com seu texto por motivos de: já morei em 9 cidades, e tenho 19 anos. Ou seja, MUITAS mudanças de amigos e colégios em pouquíssimo tempo de vida. Devo dizer que se mudar tanto assim tem seus prós e contras. Os prós é que você pode se reinventar, conhecer gente nova, ser uma pessoa nova porque ninguém te conhece. E você cresce muito, tem que aprender a lidar com a solidão, aprender a gostar da sua própria companhia. Os contras é que deixar os amigos é uma dor que não tenho como explicar. Sair da zona de conforto dói muito, mas é muito bom quando você entende que algumas coisas são necessárias e que bater o pé e fazer birra só piora. O negócio é estar adepta a mudanças e saber reconhece-la, acolhe-la com o peito aberto e sorriso no rosto, porque só assim ela será benéfica. Se você não aceita e fica de cara fechada só vai receber negatividade do universo.
    A moral de tudo isso é que as mudanças vem para o bem, e que sentir saudade do passado é a coisa mais normal do mundo, só que você precisa saber a diferença entre sentir saudade e estar presa nele.
    Um beijão!

    www.tresestacoes.com

    ResponderExcluir
  3. Estamos fadados a mudanças constantes, as vezes boas ou ruins, as sdds de outrora à mudança sempre pode existe, isso é um fato, mas mudar também é bom, não? Vale sempre estar atento ao rumo o qual tomamos com estas. :D

    Belas palavras ^^
    xoxo

    ResponderExcluir

« »
© Leve como a brisa - 2017. Todos os direitos reservados. Design e conteúdo por Natália Pacheco. Tecnologia do Blogger. imagem-logo imagem-logo imagem-logo